quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Agridoce

  Já estou me tratando. Me cuidando, me curando. Num processo lento e solitário, sutil e eficaz. Troquei sentimentos agressivos, por outros, pouco mais passivos. Seu lago escuro e profundo, se transformou em um céu negro, cheio de estrelas que brilham, brilham muito, não mais por mim, mas ainda têm a mesma intensidade em sua luz. 
  Enquanto eu me abrigo, num horizonte limpo, afastado das lembranças e das cores, você vai traçando suas linhas finas em outros colos. Marcando sua cor em outras peles, tocando a mesma música, com ritmos diferentes.
  Mas tudo bem... Vou girar meu mundo devagar, reaprender a respirar, recriar minha fortaleza pra um dia voltar a andar sobre o mesmo vidro fino sem sentir insegurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário