segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Um Outro Alguém

  Difícil de acreditar. Difícil de fazer meu coração entender. O cérebro já sintetizou, a mensagem já entrou. Mas o coração não quer aceitar. Não quer conviver com esse fato. Parece mentira... Quem dera fosse.
  Tenho certeza, pelo menos espero, que seu novo amor vá cuidar de você. Que seu novo amor saiba bagunçar seu cabelo pra te dispersar dos pensamentos errados, que seu novo amor consiga te abraçar por cima dos ombros como você gosta e que ele saiba fazer o mesmo carinho na nuca que eu fazia em você.
  De verdade, quero que seu novo amor entenda que quando você sai e deixa alguém falando sozinho, não é pra irritar, ou magoar. É só pra não piorar a discussão. Espero que seu novo amor aprenda a cantar pra você todos os blues que cantávamos juntos. Espero que seu novo amor também faça a cada dia um poema mentalmente sobre o simples fato dos seus olhos serem tão penetrantes e destemidos.
  Que seu novo amor também pare meio mundo só para te ver. Que seu novo amor também passe exatos 16 dias sem sair da cama pelo simples fato de não poder te ver e que ele faça tudo isso e não te conte para não te deixar mal. Que ele te ame bastante a ponto de estar passando a maior barra e não te contar nada, para não te preocupar.
  Só espero que você tenha ido embora, viver com um alguém que saiba a hora de se calar e assistir você chorar só te acalentando pelo olhar. Alguém que não reclame das suas manias sem sentido e do seu mau humor nas quartas-feiras. Alguém que passaria o resto da vida simplesmente assistindo você crescer e rindo à toa, só por poder estar ali, bem perto.
  Um alguém, que assim como eu, reze todas as noites, sem exceção, para que no final, no final de tudo mesmo, seu lugar no paraíso esteja guardado. E você se perca por lá. Encontre a paz que tanto procurou.
  Mas sabe, se esse seu novo amor não for tudo isso, não for nada disso, que você pelo menos seja feliz. Encontre a felicidade em simplesmente olhar para ele a cada fim de tarde. A mesma felicidade que eu um dia vi em seus olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário