segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Insegurança

  Poderia continuar a falar dos seus olhos, do seu sorriso, do seu cheiro, do seu carinho, do seu abraço e de toda a infinidade de coisas boas que eu vejo em você. Mas nenhuma palavra que eu diga, vai conseguir descrever o quanto é bom somente estar ao seu lado.
  Posso tentar explicar de todos os modos, mas ainda não vou conseguir fazer você entender tudo que se passa na minha cabeça. O quão importante é você para mim.
  Tenho um receio imenso de te perder. Um receio imenso de fechar os olhos e quando abrir ver que você não está mais aqui. Pior ainda, que nunca esteve.
  Mas meus braços estarão sempre abertos. Tanto para te acolher, quanto para te deixar livre para seguir com a sua vida. Só te peço que não me deixe desavisada. Não me deixe no escuro. Quando tudo acabar dentro de você, me avise, para que eu guarde tudo que há dentro de mim.




Nenhum comentário:

Postar um comentário