quarta-feira, 27 de julho de 2011

Tempo.

  É, o tempo tem curado meus cortes... Lavado as partes escuras dentro de mim, me deixado mais leve, amenizado as cicatrizes e tirado um pouco da dor no meu peito. Ele, tão paciente, tem me deixado pensar com calma, decidir, me organizar...
  E agora, com o coração apaziguado de todo o sofrimento, eu consigo respirar bem melhor, ver um futuro mais claro, entender o passado e descobrir que é o presente que importa de verdade. E no fim das contas, era só disso que eu precisava. Tempo. Pra descobrir que depois de tudo ainda é possível acordar com um sorriso no rosto...




Nenhum comentário:

Postar um comentário