quarta-feira, 20 de abril de 2011

Ter você

  Eu juro que tentei não pensar nisso... Eu tentei ocupar minha cabeça com tudo, com qualquer coisa menos aquela cena. Mas era quase como um pesadelo que eu vivi acordada. Eu revia tudo na minha cabeça de novo, e de novo, só pra me martirizar ainda mais. O pior de tudo, é que você nem percebeu. Você nem ligou. Parece que até hoje você não viu o quanto me feriu com aquilo.
  Quando eu vi seus lábios nos dela, sua mão na dela, minha vontade era morrer. Sabe, deveria ser eu ali com você naquele instante. E não ela. Porque ela não te merecia. Mas pensando melhor, se você foi tão burro o bastante pra não perceber quanto valor eu te dei, então realmente vocês se merecem.
  Mas quer saber? Por mais que você tenha me magoado tanto, eu ainda consigo pensar naquela cena, e substituir os lábios dela pelos meus, posso quanse sentir como seria seu toque, seu carinho e pensar no quanto seria perfeito ter você mesmo que por poucos segundos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário