quarta-feira, 27 de abril de 2011

" Eu te amo "

  Não consigo acreditar que realmente você esqueceu tudo, que não sente mais nada quando escuta aquela mesma frase, que não lembra de mim quando passa por aqueles lugares que eram sagrados pra nós...
  Não é possível que só eu ainda te olhe e sinta o mesmo carinho de antes, que você ignore a minha presença ás vezes. Porque parece tudo muito falso, artificial. Foram motivos idiotas que nos separaram, mas agora eu tenho motivos sérios pra te querer de volta. Eu te amo, e só agora me dei conta disso.
  Todas as vezes que confiei em você, todos os segredos que trocamos, não é possível que tenham sido em vão... Foram tempos ótimos, quase perfeitos, que eu queria resgatar. Mas parece que você é incapaz de ceder, de me perdoar. Uma pena, porque o que eu mais queria poder te dizer agora é que eu te amo.
 



Nenhum comentário:

Postar um comentário