segunda-feira, 25 de abril de 2011

Saudade

  Ás vezes a vida pode ser muito injusta com a gente. Pode tirar de nós pessoas que são insubstituíveis ou até mesmo nos deixar errar ao não dar o valor necessário que elas merecem. E essa é uma dor que só quem sente entende. Não tem como descrever, e nada do que as pessoas digam irá mudar o que realmente aconteceu. Infelizmente não.
  Mas não tem porque parar meio mundo por uma dor que eu tenho que sofrer. Não adianta parar de viver por algo que não tem como recuperar. As pessoas logo vão esquecer, mas eu não...
  E parece que ninguém liga de verdade, que todos esquecem de mim e sorriem como se nada de ruim tivesse acontecido. Isso me mata. Mas na verdade é um problema meu, e ninguém tem nada haver com isso.
  E por mais que a saudade seja maior que tudo, que a tristeza tome conta de mim por saber que nunca mais vou te ver, por não conseguir lembrar de te dizer "eu te amo" antes de você partir, eu espero que você lembre de mim e ainda me ame aonde quer que você esteja.

Nenhum comentário:

Postar um comentário